30 de outubro: Dia do Atendente Comercial dos Correios

Atender é mais do que prestar um serviço. É dar atenção, ouvir, ter empatia. E é exatamente esse o trabalho diário dos mais de 20 mil atendentes comerciais dos Correios, espalhados nas agências de todo o País.

Neste 30 de outubro, celebramos a dedicação desses profissionais que atuam na linha de frente e desempenham um papel essencial para a sociedade, refletindo diretamente a imagem dos Correios.

No balcão, além de oferecer as soluções da empresa, eles colecionam histórias inspiradoras e emocionantes. Só no último mês, foram mais de 16 milhões de atendimentos realizados por esses profissionais em todo território nacional.

O “orgulho em servir” é o sentimento que, para a atendente Kennya Gomes Santos, melhor traduz o seu dia a dia, principalmente em momentos desafiadores, como tem sido os tempos de pandemia. Desde o início da quarentena, Kennya está trabalhando na agência de Candeias (BA), responsável também pelo atendimento à população do município de Madre de Deus, localizado numa das ilhas da região. “Uma das nossas maiores satisfações é o reconhecimento do cliente. Recentemente, uma senhora esteve na nossa agência para receber seus medicamentos e nos agradeceu, com muito carinho, por mantermos os nossos serviços mesmo em um momento como este. Nessa hora, a gente vê a importância de servir e a razão de estar aqui”, completa.

A atendente Kennya Gomes Santos trabalha na agência dos Correios de Candeias (BA). Foto: Divulgação/Correios.

Não é só nas agências que acontece essa interação com os clientes: na Central de Atendimento ao Cliente (CAC), o contato por telefone também exige paciência e saber ouvir. Para Clodomir Silva de Sousa, que atua há oito anos na CAC, o atendimento ao cliente precisa ser cada vez mais autêntico e humano. “Por isso, procuro aperfeiçoar a minha comunicação a cada dia, sempre me colocando no lugar do outro”, ressalta. 

Para o atendente da CAC Marcelo Costa Milagres, lotado na unidade de Barbacena (MG), muitas vezes, o primeiro contato de um cliente em busca informações com a empresa acontece por meio da central de atendimento. “Por isso, faço o meu trabalho da melhor maneira possível. Quando o cliente recebe um atendimento de qualidade num call center, ele vai ligar essa qualidade aos serviços dos Correios”, explica.

Marcelo Costa Milagres, atendente da Central de Atendimento ao Cliente (CAC). Foto: Divulgação/Correios.

Seja por telefone ou presencialmente, são os atendentes dos Correios que driblam as mais diferentes situações e humores e que, durante a pandemia, estão firmes, junto com os Correios, no apoio à população.

A todos esses profissionais, que aprenderam a sorrir com os olhos por trás das máscaras de proteção, nosso reconhecimento pelo trabalho dedicado e cordial, em total sintonia com os valores da nossa empresa.

30 de outubro – Dia do Atendente

Marta Ribeiro

O maior ativo de qualquer empresa é o cliente. Para os Correios, essa verdade se expressa não apenas nos valores da empresa, mas na atuação dos empregados responsáveis por esse primeiro contato. Por isso, há 25 anos a estatal homenageia àqueles que estão frente a frente com os clientes, diariamente e em todo o país: os atendentes comerciais.

Empregada dos Correios desde o ano 2000, Felismina Lopes de Almeida, que trabalha na Agência Central de Brasília (DF), conta que se dedica à cada pessoa que atende, por serem elas que trazem receita para a empresa. “Eu amo trabalhar com as pessoas. Eu gosto de ver as pessoas felizes. É por isso que eu me dedico tanto, porque eu amo ver o cliente sair satisfeito, porque eu me coloco no lugar dele. É como se eu estivesse resolvendo aquele problema pra mim mesma”, garante.

Felismina: “Eu gosto de ver as pessoas felizes”. Foto:Divulgação/Correios

O contato com essa alegria, gravada até no nome, é privilégio dos brasilienses, mas os Correios tem o melhor time espalhado pelo Brasil inteiro e com a mesma motivação: atender o povo brasileiro com entusiasmo. 

Leia mais “30 de outubro – Dia do Atendente”