Exporta Fácil: 20 anos do serviço de exportação dos Correios

Comemoramos nesta sexta-feira (20), os 20 anos da criação do Exporta Fácil, serviço dos Correios que já ajudou mais de 15 mil micros e pequenas empresas brasileiras a expandirem seus mercados pelo mundo. Ao desburocratizar a remessa de produtos para o exterior, esta é a ferramenta de exportação mais utilizada no País: cerca de 60% das empresas nacionais que exportam já utilizaram o Exporta Fácil. 

Com mais de 400 mil operações realizadas, a solução também é um marco de inovação dos Correios do Brasil: fomos o primeiro correio do mundo a atuar como um operador logístico do comércio exterior. O Exporta Fácil ainda ganhou diversos prêmios e se tornou referência no setor, apontado pela União Postal Universal (UPU) como um dos instrumentos de diversificação das atividades dos correios mundiais, ajudando, assim, a expandir o comércio internacional. 

Hoje, se qualquer empreendedor pode exportar a partir de qualquer cidade brasileira, isso se deve ao empenho dos empregados dos Correios: em meados da década de 90, após estudos técnicos, os analistas da empresa identificaram que a participação das micro e pequenas empresas na pauta de exportações do Brasil era insignificante.  

Leia mais “Exporta Fácil: 20 anos do serviço de exportação dos Correios”

ENCOMENDA INTERNACIONAL
Quer comprar em sites do exterior? O que você precisa saber antes

Seja para adquirir aquele objeto de desejo ou aproveitar ofertas, as compras online no exterior caíram de vez no gosto dos brasileiros. Cada dia mais conectados, 14,1 milhões de consumidores do país compraram em sites estrangeiros no ano passado, segundo o Relatório Neotrust 3ª Edição, , elaborado pela Compre&Confie, em parceria com o E-Commerce Brasil.


Mas antes de encher o carrinho virtual, algumas dicas podem ser úteis para evitar surpresas desagradáveis. Por isso, lançamos a série “Compras online no exterior” (confira e-book) , para trazer informações importantes sobre prazos de entregas internacionais, modalidades de envio, novas funcionalidades do aplicativo Correios para encomendas vindas de fora, entre outros assuntos.


Você sabia, por exemplo, que toda compra realizada em sites estrangeiros é uma importação? Ao chegar no Brasil, todos os objetos são fiscalizados pela Receita Federal e outros órgãos anuentes, para impedir a entrada de produtos perigosos ou ilegais no país como, por exemplo, entorpecentes e substâncias tóxicas prejudiciais ao meio ambiente e às pessoas.


Além do controle tributário, algumas encomendas estão sujeitas à anuência de outros órgãos, como Anvisa, Inmetro, Vigiagro e Exército. É o caso de alimentos, bebidas, medicamentos e alguns itens aceitos sob condições. Pela plataforma Minhas Importações, dos Correios, o cliente pode verificar se será necessário fornecer informações complementares sobre a sua encomenda.

Se o produto não for liberado, o órgão fiscalizador responsável indica o fim a ser dado ao objeto: devolver ao país de origem, apreender ou destruir.

Esse tempo que a Alfândega leva para verificar as encomendas é variável e, portanto, irá interferir no prazo de entrega previsto. Os Correios só podem realizar a entrega depois que os objetos são liberados pelos órgãos fiscalizadores.

Proibições

Antes de realizar sua compra, é importante também verificar se a mercadoria em questão tem permissão para entrar no País, de acordo com as regras brasileiras de importação. Armas, animais silvestres e plantas silvestres, por exemplo, são proibidos.

Confira aqui a lista completa dos produtos não permitidos no fluxo postal de importações dos Correios.

Medicamentos


É permitido que pessoas físicas importem até US$10 mil em medicamentos por remessa internacional. Para medicamentos com receita médica destinados à pessoa física, não há cobrança de impostos.

A receita deve estar em português, conter informações referentes ao nome e domicílio do paciente, posologia, periodicidade do tratamento (limitado a 180 dias), data e assinatura do profissional responsável, seu domicílio ou endereço profissional.

Medicamentos para consumo pessoal terão a entrada no território nacional autorizada em quantidade e frequência compatíveis com duração e finalidade do uso, de acordo com instrução da Receita Federal (IN RFB Nº 1737/2017).

Lojas virtuais: dicas e cuidados

Assim como no Brasil, no exterior você pode realizar compras em grandes lojas virtuais, como a Wish, Best Buy e Amazon, ou em sites de compra e venda de produtos de particulares, como o eBay, semelhante ao Mercado Livre.

No momento de optar pelo site que irá comprar, é importante pesquisar a reputação do e-commerce e os relatos de outros consumidores. Também certifique-se de que o endereço eletrônico tenha cadeado, isso assegura que o ambiente é confiável.

No caso do eBay, verifique ainda a reputação do vendedor e se há um canal de contato direto com ele, a fim de esclarecer qualquer dúvida ou reclamação sobre o produto e o processo de compra.

Também é importante conhecer a política de trocas e devoluções da loja e se ela vale para entregas internacionais. Do contrário, você pode ter de arcar com os custos de reenvio da mercadoria que chegou com defeito ou que deseja devolver.

Na próxima matéria, vamos falar sobre as principais modalidades de envio (fretes) para compras no exterior e seus respectivos prazos de entrega. Até lá!

Correios renova frota de motocicletas em todo o país

Com uma frota de veículos que roda mais de 169 milhões de quilômetros por ano – o equivalente a mais de 4 mil voltas completas na Terra –, os Correios concluem, até o fim deste ano, a entrega de 5.345 novas motocicletas às unidades da empresa em todo o país. Só em 2020, a empresa investiu mais de R$ 140 milhões na aquisição de novos veículos, o que inclui a compra de mais 1.114 furgões de 600 kg.

Nas Superintendências Estaduais dos Correios em Brasília, Minas Gerais e Pará, a renovação da frota de motocicletas já foi 100% concluída. A SE/BSB recebeu 72 novas motos nesta segunda-feira (1) e, na SE/PA, foram entregues 211 veículos desse segmento no mês de agosto. As 201 motocicletas modelo trail adquiridas para a SE/MG também já estão em circulação.

Com 160 cilindradas, as novas motocicletas da empresa possuem melhor desempenho do que as anteriores, que eram de 125 cilindradas. As motos também são mais econômicas e seguras, pois são equipadas com sistema de freios combinados, chamado CBS.

Leia mais “Correios renova frota de motocicletas em todo o país”

APROXIME
Correios alavanca negócios durante a pandemia

Mário Salviato tem um criatório de galinhas ornamentais em Porto Ferreira, no interior de São Paulo, e comercializa ovos férteis pela internet. O avicultor conta que vende seus produtos para todo o país e, desde o início de seu negócio, conta com os Correios para realizar as entregas. “Sempre confiei nos Correios para fazer a entrega dos ovos. No Brasil, ela é, de longe, a melhor empresa para fazer esse tipo de serviço”, relata.

O produtor possui, atualmente, mais de 200 variedades de aves com alto padrão genético, mas continua investindo na produção para alcançar seu principal objetivo: oferecer ovos de todas as raças existentes.

Ovos via Sedex: “Sem os Correios, eu não teria como atender meus clientes”, destaca o empresário Mário Salviato.

Para despachar os ovos, Salviato os embala, um a um, em plástico bolha e os acondiciona em uma caixa de isopor, forrada com serragem e jornal. O produto é despachado via Sedex e as despesas ficam por conta do comprador. Os clientes são pequenos produtores, chacareiros, sitiantes e criadores de todo o país.

Leia maisAPROXIME
Correios alavanca negócios durante a pandemia”

Iniciativa aumenta produtividade de carteiros em trabalho remoto

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, os Correios implementaram medidas para proteger clientes e empregados, como a liberação de profissionais que estão enquadrados no grupo de risco para trabalho em domicílio. Para garantir a qualidade das entregas e a produtividade dos carteiros afastados, uma iniciativa inovadora permite que os profissionais façam o ordenamento de correspondências de casa.

Funciona assim: antes de serem entregues, os impressos precisam ser separados de acordo com as rotas percorridas pelos carteiros. Agora, em unidades dos Correios no Espírito Santo, onde o projeto está em desenvolvimento, carteiros em trabalho remoto realizam, de casa, essa triagem. Mais de 50 mil objetos já foram separados e ordenados dessa forma, desonerando as equipes que estão trabalhando presencialmente.

Carteiros de Vitória (ES) recebem em casa correspondências para triagem.

Além de facilitar as entregas realizadas pelos carteiros que estão nas ruas, a iniciativa permite aos que estão em trabalho remoto utilizar sua experiência e capacidade produtiva de forma mais efetiva. O conhecimento das caraterísticas e das peculiaridades de cada distrito é fundamental para que o ordenamento das correspondências seja bem executado.

“O encaminhamento da carga para a residência do carteiro é feita com base na viabilidade operacional e economia de recursos, como tempo e combustível”, explica o gerente de Atividades Externas dos Correios, Stéfano Marin Rezende. O controle é feito em formulário que registra quantidade de objetos entregues, com data e hora e garantia do sigilo das correspondências. No dia seguinte, há uma nova coleta e uma nova leva é entregue ao empregado.

Leia mais “Iniciativa aumenta produtividade de carteiros em trabalho remoto”

Operação logística leva livros didáticos a todo o país

Todo ano, os alunos de escolas públicas no Brasil recebem livros didáticos novos. Isso é possível porque, há 25 anos, os Correios realizam com eficiência, em todo o país, a megaoperação do Programa Nacional do Livro Didático do FNDE. Para se ter ideia do tamanho da operação, em 2020 a empresa vai entregar mais de 170 milhões de objetos, número 13% maior que no último ciclo. Para isso, são mobilizados milhares de empregados em processos modernos, sempre com o compromisso de levar os livros a cada estudante do Brasil.

Veja mais no vídeo sobre a megaoperação: