BLACK FRIDAY
Compra internacional: como escolher o melhor frete e acompanhar o envio

Vai aproveitar as ofertas desta Black Friday em sites do exterior? Agora que você já sabe que toda compra internacional é uma importação, é hora de conferir as modalidades de entrega e como acompanhar o envio da sua encomenda.

Você sabia que, depois do pagamento dos impostos e/ou serviços postais, o prazo médio de entrega dos Correios é de apenas quatro dias úteis (nas modalidades mais rápidas de frete)? Para fazer a escolha mais adequada, você só precisa colocar na balança a sua urgência em receber a encomenda e o valor que está disposto a pagar pelo serviço de entrega.

Leia mais: Quer comprar em sites dos EUA que não entregam no Brasil? Conheça o Compra Fora!

Se deseja receber rápido a sua encomenda, o “frete grátis” oferecido por algumas lojas virtuais pode acabar sendo um problema, pois é a opção com maior prazo de envio: até 40 dias úteis. Para quem tem urgência, a melhor escolha é o frete expresso Express Mail Service (E.M.S), com prazo médio de 3 dias úteis. Este serviço admite objetos de até 30kg.

Outra opção de frete expresso, com as mesmas vantagens do EMS e prazo médio de entrega de 4 dias úteis, é o Correios Packet Express, feita por contratação direta com os Correios do Brasil . Nas lojas virtuais, ele pode aparecer como Brazil Direct Mail, Brazil Priority Line, entre outros nomes. O código de rastreamento dos objetos contratados nessa modalidade começa com as letras IX.

Agora, se você não tem tanta urgência, a melhor opção para conciliar “preço X prazo” é o Correios Packet Standard. Com prazo médio de entrega de 12 dias úteis, a nova solução dos Correios, lançada em 2019, tem sido muito utilizada pelos brasileiros pelo excelente custo–benefício e ótima performance na entrega. O código de rastreamento começa com as letras NX.

Quando sua compra for concluída, anote o código de rastreio informado pelo site de compra, composto por 13 caracteres: 2 letras (modalidade de entrega) + 9 números + 2 letras (país de origem). Ex: ER123456789CN (item da modalidade expressa proveniente da China).

Para pequenos pacotes, de até 2 kg, os Correios oferecem mais uma opção de frete standard: o serviço Prime, com prazo médio de 12 dias úteis. Também chamado de E-Packet, Priority Mail, Expedited Shipping, Priority Shipping ou Brazil Direct Mail, o seu código de rastreamento começa com a letra L.

No site dos Correios você pode conferir mais informações sobre todas as modalidades de fretes disponíveis para encomendas internacionais. Acesse aqui.

Acompanhe a sua encomenda

Além de escolher o frete que melhor atenda às suas necessidades, no momento da compra também é importante informar o seu CPF, e-mail e número do seu celular com o DDD. Dessa forma, o seu item está devidamente identificado pelos Correios.

Para acompanhar o envio da sua encomenda internacional, basta acessar a plataforma Minha Importações, com o seu ID Correios. No ambiente virtual, você recebe notificações sobre o status do seu objeto, bem como avisos de tributações e serviços relacionados à sua liberação.

Também é possível completar informações necessárias à continuidade da fiscalização, pagar ou solicitar tributos e informar o seu CPF, caso não tenha sido identificado. Desde janeiro de 2020, a Receita Federal exige que todas as remessas internacionais possuam a identificação do CPF/CNPJ/Número do Passaporte do destinatário.

Na próxima matéria, vamos falar sobre o serviço de Despacho Postal e sobre as novas funcionalidades do aplicativo Correios para encomendas internacionais. Até lá!

Exporta Fácil: 20 anos do serviço de exportação dos Correios

Comemoramos nesta sexta-feira (20), os 20 anos da criação do Exporta Fácil, serviço dos Correios que já ajudou mais de 15 mil micros e pequenas empresas brasileiras a expandirem seus mercados pelo mundo. Ao desburocratizar a remessa de produtos para o exterior, esta é a ferramenta de exportação mais utilizada no País: cerca de 60% das empresas nacionais que exportam já utilizaram o Exporta Fácil. 

Com mais de 400 mil operações realizadas, a solução também é um marco de inovação dos Correios do Brasil: fomos o primeiro correio do mundo a atuar como um operador logístico do comércio exterior. O Exporta Fácil ainda ganhou diversos prêmios e se tornou referência no setor, apontado pela União Postal Universal (UPU) como um dos instrumentos de diversificação das atividades dos correios mundiais, ajudando, assim, a expandir o comércio internacional. 

Hoje, se qualquer empreendedor pode exportar a partir de qualquer cidade brasileira, isso se deve ao empenho dos empregados dos Correios: em meados da década de 90, após estudos técnicos, os analistas da empresa identificaram que a participação das micro e pequenas empresas na pauta de exportações do Brasil era insignificante.  

Leia mais “Exporta Fácil: 20 anos do serviço de exportação dos Correios”

Armário inteligente dos Correios: onde você estiver, quando precisar

Já pensou em receber, com segurança e comodidade, aquela encomenda que você comprou pela internet, no horário que preferir e sem precisar estar em casa? Com os novos armários inteligentes dos Correios isso já é possível! Além do serviço Clique e Retire, onde você retira sua encomenda em qualquer agência, e das Caixas de Correio Inteligentes, instaladas em condomínios residenciais, a estatal acaba de lançar o Locker, o mais inovador canal de autoatendimento dos Correios – que em breve estará disponível em todo Brasil.

Em tempos de pandemia, a solução garante que as entregas ocorram sem contato físico e já na primeira tentativa. Instalados em locais de fácil acesso e grande circulação de pessoas – como estações de metrô, rodoviárias, shoppings e postos de gasolina -, os terminais são integrados ao aplicativo Correios e ao Sistema de Rastreamento de Objetos (SRO).

Cada equipamento possui em média 40 gavetas de tamanhos variados, podendo funcionar 24h, sete dias por semana.  Para utilizar o serviço, que não possui custo adicional, basta o cliente informar no momento da compra, na loja virtual, o CEP do equipamento onde seja retirar a sua encomenda e inserir o número do seu CPF/CNPJ no campo de complemento do endereçamento. Além de estar visível em cada equipamento, os CEPs dos lockers pode ser consultado no site ou no aplicativo dos Correios.

Quando o carteiro disponibilizar a encomenda em um dos compartimentos do locker, os Correios enviarão SMS ao destinatário com orientações, prazo de retirada e o código de acesso para abertura do compartimento. O cliente tem até três dias corridos para fazer a retirada da encomenda, inclusive nos finais de semana e feriados. 

Até fevereiro de 2021, os Correios irão instalar 63 terminais de lockers; 10 no Distrito Federal e 53 no Rio de Janeiro. Em Brasília, o primeiro locker foi inaugurado nesta terça-feira (27), na região administrativa do Paranoá. Na capital fluminense, o equipamento será instalado ainda este ano.

O primeiro locker dos Correios foi inaugurado nesta terça-feira (27/10) no DF. Foto: Divulgação: Correios

A empresa pretende expandir as instalações dos lockers para outros estados, além de ampliar as funcionalidades dos terminais. O objetivo é que os equipamentos funcionem como um canal de autoatendimento multisserviços, onde o cliente também poderá postar objetos e até devolver encomendas, por meio da logística reversa.

Além de trazer vantagens aos clientes, os lockers também contribuem para a economia de recursos e para a sustentabilidade do planeta. Ao otimizar o percurso dos carteiros, os Correios diminuem a sua emissão de CO2 na atmosfera, além de reduzir o fluxo de veículos e a poluição sonora nas cidades.

Caixa de Correio Inteligente

Para evitar o contato físico e diminuir os riscos de contaminação da Covid-19, muitos edifícios têm adotado a instalação de portarias virtuais, que permitem que todo o controle de acesso de moradores, visitantes e prestadores de serviço seja feito remotamente por profissionais que monitoram o local por meio de câmeras. Mas então, quem recebe as encomendas entregues pelos Correios? Nesses casos, é necessário que o porteiro virtual acione o síndico ou outro responsável para receber o objeto.

Leia mais “Armário inteligente dos Correios: onde você estiver, quando precisar”

Correios renova frota de furgões em todo o país

Seguindo o processo de renovação da frota dos Correios, a empresa concluirá, até o fim deste ano, a entrega de 1.114 furgões de 600 kg, modelo Fiorino, em todo o Brasil. Somado aos furgões adquiridos em 2018 e em 2019, serão 3.344 novos veículos da empresa em circulação, o que representa 36% da frota de furgões da estatal.

As superintendências estaduais dos Correios em São Paulo, na capital e interior do Estado, receberão, respectivamente, 281 e 282 novos furgões. Em Minas Gerais, serão entregues 129 veículos. Nessas localidades, os furgões já estão nas concessionárias para finalização do emplacamento. Até dezembro, outras superintendências serão contempladas.

Os veículos adquiridos contam com novo item de segurança: um sensor de ré para auxiliar no estacionamento. Mantendo o padrão de qualidade da frota atual, os furgões também são equipados com componentes de direção hidráulica, trava elétrica, ar-condicionado e vidro elétrico.

Além de melhorar as condições de trabalho dos carteiros motorizados, a renovação da frota dos Correios representa ganho de produtividade, maior qualidade das entregas e redução de custos com manutenção.

Contratações extras – Com a pandemia de COVID-19, o fluxo postal de encomendas dos Correios teve um aumento de cerca 30%. Para suportar a demanda crescente, a empresa planeja realizar a locação de 1.812 furgões extras, para os próximos 12 meses.

Com a iniciativa, será possível aumentar a capacidade produtiva dos Correios em 231.936 objetos por dia: cerca de 128 objetos entregues a mais, por veículo. Os furgões serão entregues em todo o país, de acordo com a necessidade de cada Estado.

ENTREGAS ESPECIAIS
Por trás de cada encomenda, uma história

Os Correios estão presentes, diariamente, na vida de milhões de pessoas. Por trás de cada entrega, sejam correspondências ou encomendas, existem sonhos, expectativas e necessidades singulares. Neste Dia do Cliente, 15 de setembro, reafirmamos que fazer parte da sua história e aproximar o que é essencial para você é o que nos move, todos os dias.

Para uma família de Santana dos Matos, no interior do Rio Grande do Norte, a chegada dos Correios, no último dia 2/9, representou o fim da angústia vivida pelo pequeno José Barbosa, de apenas dois anos. A criança, que se alimenta exclusivamente por sonda gástrica, precisou com urgência trocar o aparelho. Com risco de vazamento, a sonda desgastada poderia gerar complicações de saúde, em plena pandemia de Covid-19.

Para realizar a entrega do objeto, comprado pela internet, empregados dos Correios viajaram mais de 100km – de Currais Novos até Santana dos Matos. “Como se trata de uma questão de saúde, articulamos essa operação especial para que o objeto chegasse com a rapidez necessária ao pequeno José”, relata Millene Rocha, gerente dos Correios na cidade.

Com a nova sonda do filho em mãos, os pais de José reconheceram o esforço empreendido. “Somos muito gratos aos empregados dos Correios, que mesmo nesse momento se empenharam para entregar a nossa encomenda. Agora, graças a Deus José está bem”, relata Barbosa.

Para o superintendente dos Correios no Rio Grande do Norte, Rodrigo Medeiros, o que motiva o trabalho é saber que, por trás de cada objeto, existem pessoas. “É por isso que, mesmo diante dos desafios, o papel dos Correios é realizar todas as entregas da melhor forma possível”, ressalta.

Confiança que aproxima

Neste mês, outra entrega especial no Rio Grande do Norte aproximou duas das instituições de maior confiança dos brasileiros. Militares do Corpo de Bombeiros (CBMRN) encomendaram, via Correios, equipamentos de proteção individual para utilizarem em operações com enxames de abelhas, que aumentam nessa época do ano.

“O período de agosto a dezembro é conhecido pela migração das abelhas, em todo o Estado. Por isso, precisávamos, com urgência, dessas vestimentas utilizadas por apicultores, para a garantir a segurança dos bombeiros durante as operações”, explica o comandante do Serviço Operacional do CBMRN, major Christiano Couceiro.

Com a rápida chegada dos equipamentos, o militar enalteceu o trabalho da estatal e a parceria histórica entre as duas instituições. “Nós queremos agradecer aos Correios pela eficiência dessas entregas, mesmo diante desse momento delicado, e por todas ações em conjunto que costumamos fazer”, destacou o major.

Confira abaixo e em http://correios.com.br/agradecimentos mais mensagens de reconhecimento enviadas por clientes de todo o Brasil aos Correios e seus profissionais.

Carteiros recebem cartas de agradecimento por entregas na pandemia

Em tempos de pandemia, a figura do carteiro personifica, ainda mais, a importância dos Correios para a sociedade. Na linha de frente das entregas de cartas e encomendas em todo país, os profissionais recebem, diariamente, manifestações de reconhecimento pelos serviços essenciais prestados à população. Por meio de cartinhas e desenhos feitos à mão, até as crianças encontraram uma forma de expressar carinho e gratidão aos carteiros.

O pequeno Eduardo Dieter (8), de Florianópolis (SC), escreveu que “por causa do coronavírus, as pessoas precisam ficar em casa, mas o teu trabalho é muito importante e por isso não parou”. Junto à carta, ele deixou também uma caixa de chocolate para que o porteiro entregasse aos carteiros Rafael Felício e Braian de Brito Rodrigues, que realizam as entregas da sua rua, no bairro do Itacorubi.

Na zona leste de São Paulo (SP), a menina Gabriella Godinho da Cunha (8) também fez questão de fazer uma cartinha para o carteiro Renato Leite da Silva, que realiza as entregas no bairro Cangaíba, onde ela mora. “Sabemos o momento difícil que estamos passando e, mesmo assim, o senhor não nos abandonou e sempre faz o seu serviço. Quero agradecer por colocar sua vida em risco saindo de casa para nos ajudar”, diz um trecho da mensagem.

O sonho de ter em mãos sua tão sonhada boneca, comprada pela internet , foi o que motivou Cinthia Nunes Cunha (10), do munícipio de Ijaci (MG), a fazer uma cartinha de agradecimento à estatal. Na mensagem, endereçada “a todos os entregadores dos Correios”, a menina descreve a ansiedade pela chegada da encomenda e a emoção ao receber o presente prometido pelo pai.

Emoção também foi o sentimento do carteiro Evaldo dos Santos Barbosa ao receber a cartinha. “Me surpreendi pela espontaneidade da Cinthia e, ao mesmo tempo, fiquei muito satisfeito pelo reconhecimento dela pelo trabalho dos carteiros, independente das dificuldades que estamos enfrentando”, relata.

Leia mais “Carteiros recebem cartas de agradecimento por entregas na pandemia”

Correios renova frota de motocicletas em todo o país

Com uma frota de veículos que roda mais de 169 milhões de quilômetros por ano – o equivalente a mais de 4 mil voltas completas na Terra –, os Correios concluem, até o fim deste ano, a entrega de 5.345 novas motocicletas às unidades da empresa em todo o país. Só em 2020, a empresa investiu mais de R$ 140 milhões na aquisição de novos veículos, o que inclui a compra de mais 1.114 furgões de 600 kg.

Nas Superintendências Estaduais dos Correios em Brasília, Minas Gerais e Pará, a renovação da frota de motocicletas já foi 100% concluída. A SE/BSB recebeu 72 novas motos nesta segunda-feira (1) e, na SE/PA, foram entregues 211 veículos desse segmento no mês de agosto. As 201 motocicletas modelo trail adquiridas para a SE/MG também já estão em circulação.

Com 160 cilindradas, as novas motocicletas da empresa possuem melhor desempenho do que as anteriores, que eram de 125 cilindradas. As motos também são mais econômicas e seguras, pois são equipadas com sistema de freios combinados, chamado CBS.

Leia mais “Correios renova frota de motocicletas em todo o país”

APROXIME
Correios alavanca negócios durante a pandemia

Mário Salviato tem um criatório de galinhas ornamentais em Porto Ferreira, no interior de São Paulo, e comercializa ovos férteis pela internet. O avicultor conta que vende seus produtos para todo o país e, desde o início de seu negócio, conta com os Correios para realizar as entregas. “Sempre confiei nos Correios para fazer a entrega dos ovos. No Brasil, ela é, de longe, a melhor empresa para fazer esse tipo de serviço”, relata.

O produtor possui, atualmente, mais de 200 variedades de aves com alto padrão genético, mas continua investindo na produção para alcançar seu principal objetivo: oferecer ovos de todas as raças existentes.

Ovos via Sedex: “Sem os Correios, eu não teria como atender meus clientes”, destaca o empresário Mário Salviato.

Para despachar os ovos, Salviato os embala, um a um, em plástico bolha e os acondiciona em uma caixa de isopor, forrada com serragem e jornal. O produto é despachado via Sedex e as despesas ficam por conta do comprador. Os clientes são pequenos produtores, chacareiros, sitiantes e criadores de todo o país.

Leia maisAPROXIME
Correios alavanca negócios durante a pandemia”

Novas entregas de solidariedade

Neste momento de enfrentamento à COVID-19, a responsabilidade social é ainda mais essencial. Por essa razão, desde o início da pandemia no Brasil, mobilizamos nossa infraestrutura logística em uma grande rede de cooperação, para ajudar a salvar vidas e proteger, principalmente, os mais vulneráveis.

Nossas ações abrangem desde o transporte de material viral até a entrega de medicamentos em áreas remotas, envolvendo empregados, comunidade científica, entidades públicas e privadas em diferentes frentes. Em recente parceria com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), também doamos camisas de carteiros e malotes postais inservíveis aos Correios, que estão se transformados em máscaras faciais, toucas, mochilas e sacos de dormir para uso de pessoas em situação de rua.

Por meio do Programa Pátria Voluntária, do Governo Federal, e do projeto Ecopostal, realizado pela estatal, os materiais estão sendo entregues, desde maio, a entidades sem fins lucrativos. Só em Brasília, mais de 5 toneladas de tecidos, entre camisas, bolsas e malotes, já foram doados.

Leia mais “Novas entregas de solidariedade”

DISTANCIAMENTO SOCIAL?
Rede de cartões-postais conecta pessoas em todo o mundo

Em tempos de isolamento social, encontrar meios tangíveis de se conectar com pessoas nunca foi tão necessário. Imagina abrir a sua caixa de correio e se surpreender com uma mensagem carinhosa escrita à mão, por alguém do outro lado do mundo, especialmente para você? Essa é a proposta do Postcrossing, um tipo de rede social criada para interligar pessoas através de cartões-postais, que neste 14 de julho completa 15 anos. Para celebrar a data, os Correios lançaram um selo especial em homenagem ao projeto.

Por meio da plataforma digital, desenvolvida pelo português Paulo Magalhães em 2005, mais de 57 milhões de cartões-postais foram recebidos por quase 800 mil pessoas em 206 países. Um verdadeiro intercâmbio cultural, entre letras cursivas e monumentos históricos escolhidos a dedos, de onde também nascem laços de amizades e trocas de afeto.  

O criador do Postcrossing acredita que as ferramentas digitais não substituem e não possuem o mesmo significado de receber mensagens por cartões-postais. “Quase ninguém imprime um e-mail ou uma mensagem de Whatsapp — mas um postal ganha lugar na porta da geladeira lá de casa ou na parede do nosso quarto — ou até no nosso local de trabalho”, ressalta.

A cada postal enviado, recebe-se um de volta. Mas o que o torna o processo mais interessante é que não é escolhido para onde será enviado, nem de onde se recebe — é a plataforma que decide aleatoriamente.

O paulista Carlos Ramalho de Guaraci é um dos mais de 9 mil membros brasileiros inscritos na plataforma. Entre os postais que recebeu destaca um cartão da Finlândia com 30×20 cm. “Era um postal em formato de cogumelos, que nem coube na minha caixa postal”, relembra. Segundo ele, mesmo não sendo o intuito principal do projeto, já fez muitas amizades pelo Postcrossing. “Esse ano recebi a vista de uma portuguesa que vive na Alemanha. Eu iria retribuir a visita no início do próximo ano, mas adiei devido à pandemia”, conta Carlos.

O surto de coronavírus provocou mudanças também para o Postcrossing.  Embora muitos países, como o Brasil, considerem os serviços postais como essenciais, houve restrições em alguns correios. Se por um lado a troca de postais foi afetada pela suspensão de voos de passageiros, a procura pelo hobbie aumentou durante a pandemia.

Leia maisDISTANCIAMENTO SOCIAL?
Rede de cartões-postais conecta pessoas em todo o mundo”